Buscar
  • Fase Imóveis

Financiar ou alugar um imóvel? Descubra qual a escolha certa para você.


Financiar ou alugar um imóvel é uma dúvida comum para quem quer mudar de residência e procura uma alternativa para o seu próximo contrato. Nenhuma opção é melhor que a outra. É importante que, além de avaliar seu plano financeiro atual, você analise inicialmente suas necessidades – por exemplo, a necessidade de um adiantamento.


Ou seja, para quem não tem reservas ou quer apenas uma habitação temporária, o aluguel seria uma opção mais adequada. Mas se você tiver dúvidas sobre o assunto, não se preocupe! Preparamos este material para você tirar suas dúvidas sobre o assunto.


Quais os prós e contras de financiar um imóvel?


Prós:

Entre as principais diferenças no financiamento de um imóvel está a possibilidade de personalizar o espaço. Embora você também tenha essa oportunidade ao alugar - desde que corresponda ao contrato de locação previsto - ao financiar você mudará uma estrutura que é sua. Dessa forma, você pode mudar as cores, fazer investimentos, etc. para dar à casa a imagem de seus moradores.


Quando se trata de investir, comprar um imóvel é uma forma de diversificar sua aplicação. Especialmente em tempos mais desafiadores que impactam a economia, como a atual pandemia, é importante encontrar alternativas que tragam segurança ao seu patrimônio.


Na hora de financiar, a pessoa pode ter um planejamento mais preciso, pois sabe quanto vai pagar a cada parcela. Se em algum mês você quiser pagar mais do que o esperado, esse valor será deduzido do total da sua dívida, o que pode até ajudar a reduzir os juros.


Contras:

No entanto, existem algumas desvantagens que devem ser levadas em consideração na hora de financiar um imóvel. Uma delas são os custos com despesas cartorárias e impostos envolvidos na contratação do financiamento, além das despesas de avaliação e taxas bancárias.

Outro ponto é se fixar num local, essa é uma decisão que precisa ser bem pensada, afinal, após dar início ao financiamento é muito mais difícil se mudar para outro local. Se escolher errado, o transtorno será um pouco maior que em caso de locação.


Quais os prós e contras de alugar um imóvel?

Prós:


Como mencionamos, para financiar, você deve ter um adiantamento. Normalmente, as instituições financeiras pedem 50% do valor total do imóvel. Na locação, não há necessidade de calcular nenhum valor no início do contrato. Por isso, a melhor opção para quem não tem reservas financeiras é alugar até que se planeje a compra de uma casa ou condomínio.


De referir ainda que o aluguer oferece-lhe a possibilidade de se deslocar rapidamente. Os contratos geralmente especificam um período inicial de 12 meses. No entanto, se você tiver uma oferta de emprego em outra cidade ou precisar se mudar devido à sua situação profissional, basta pagar o valor da multa prevista (caso não tenha completado 12 meses) e começar a procurar uma nova casa.


Ou seja, é uma liberdade que deve ser considerada, principalmente em um momento em que a maioria das empresas opta por eventualmente trabalhar remotamente.



Contras:

No entanto, as desvantagens também devem ser consideradas ao tomar uma decisão. Muitas vezes as pessoas dizem que o aluguel é "jogado fora". Afinal, você está pagando mensalmente por algo que não lhe pertence – uma quantia que não é paga de volta. Mais uma coisa a ser observada é que os proprietários podem fazer reajustes anuais com base no IGP-M (Índice de Inflação Brasileiro).


Também devemos levar em consideração o fato de que o proprietário pode solicitar a reintegração de posse do imóvel a qualquer momento. Claro, tudo está estipulado no contrato. Normalmente, após 12 meses, ele pode fazer a solicitação, desde que dê um prazo para que o morador deixe o local. Porém, essa é uma dor de cabeça que não acontece no financiamento de imóveis.



O que levar em consideração ao decidir entre alugar ou financiar?



Já conhecemos os prós e os contras do aluguel e do financiamento de imóveis. Mas o que você precisa considerar na hora de escolher a casa ideal para sua família? Primeiramente, analise seu orçamento atual, entenda os termos dos diferentes tipos de financiamento e busque entender as questões burocráticas envolvidas no processo.


Por isso, contar com o apoio de um profissional que entenda do assunto será um ponto muito importante para você tirar suas dúvidas e conhecer todos os documentos necessários para realizar esse tipo de negociação.


Além disso, essas pessoas entendem o mercado, sabem quais são as áreas mais adequadas às suas necessidades (seja para aluguel ou financiamento), e possuem um portfólio de imóveis para se adequar a diversas situações, sempre levando em consideração a real situação do cliente. Eles também fornecerão todas as pontes necessárias entre o cliente e o proprietário, independentemente da maneira que você escolher. Dessa forma, as negociações são transparentes, exceto que os interesses de cada parte são levados em consideração.


Neste conteúdo, você pode conhecer os prós e contras de financiar ou arrendar um imóvel, além de revisar os fatores que deve considerar na hora de escolher um ou outro. Seja qual for a decisão tomada, conte com um bom planejamento, pesquise detalhadamente suas necessidades, além de pesquisar os diferentes imóveis disponíveis, para que a escolha realmente corresponda às suas expectativas.


2 visualizações0 comentário