Buscar
  • Fase Imóveis

Financiamento imobiliário para autônomos é possível?


Para muitas pessoas, comprar um imóvel é um grande investimento. Aliás, essa é a melhor forma de sair de um valor de aluguel muito alto, que normalmente corresponde a uma parcela do crédito imobiliário. Em outras palavras, é um recurso que pode ser usado para obter bens.


Mas todos os trabalhadores podem se beneficiar do crédito imobiliário para facilitar a compra de uma casa? E para o financiamento imobiliário autônomo, é possível? Podem beneficiar do financiamento da compra de um imóvel?


De fato, há uma série de requisitos comprobatórios para que uma instituição financeira aprove o crédito para a compra de um imóvel. Essa é uma forma de garantir que as partes interessadas possam assumir financeiramente a dívida.


O bom dessa história é que os autônomos podem comprovar sua renda com alguma documentação, garantindo a aprovação para o crédito imobiliário. Vamos saber mais?

O que é um trabalhador autônomo?

Houve algumas mudanças no mercado de trabalho ao longo do tempo. Muitos trabalhadores optam pelo trabalho informal (por conta própria), e compartilham a preferência por empregos formais - empregos com carteira assinada.


Os autônomos exercem suas atividades profissionais sem vínculo empregatício. Muitos já possuem clientes regulares e sua renda é garantida. Porém, tudo tem seus altos e baixos, e ele precisa ser reservado e administrar bem sua vida financeira.


Como esse tipo de trabalho é diferente das formas tradicionais, surgem algumas dúvidas na hora de solicitar a aprovação de crédito de financiamento imobiliário. Por exemplo, como comprovar renda, que é uma das principais exigências desses órgãos? Vamos te mostrar como fazê-lo. Acompanhe!

Os bancos aprovam financiamento imobiliário para autônomos?


Sim, as instituições financeiras têm a possibilidade de avaliar a possibilidade de aprovação do financiamento imobiliário aplicado pelos trabalhadores independentes. Na verdade, o objetivo dos bancos é aprovar o maior número possível de empréstimos, desde que todos sejam analisados e aprovados.


A verdade é que os trabalhadores informais têm várias formas de comprovar sua renda e ter seus pedidos de crédito aprovados. Na verdade, o financiamento é impossível sem comprovação de renda. Se o solicitante obtiver este certificado, com certeza atingirá seu objetivo, e é o melhor: com boas condições oferecidas pela instituição, como juros mais baixos e prazos mais flexíveis.



Como conseguir aprovação de financiamento imobiliário sendo trabalhador autônomo?


O CPF é o documento mais importante nesse sentido. O nome do solicitante do financiamento imobiliário deve estar limpo e livre de qualquer dívida que comprometa a aprovação.


Portanto, o tratamento cuidadoso das restrições do CPF é um ponto chave nesta negociação. Um registro negativo definitivamente resultará em uma solicitação de financiamento negada. Os fundos de previdência contêm todo o histórico financeiro de um cidadão.


A Serasa Experian, por exemplo, é uma agência de proteção ao crédito cujos cadastros contêm todas as informações sobre os devedores vencidos, como nomes e previdência. Os dados estão disponíveis em listas de inadimplentes, acessíveis a empresas, bancos e lojas. Se o seu nome estiver na lista, ajuste sua situação antes de solicitar o financiamento imobiliário.


Quais os documentos comprobatórios de renda solicitados pelos bancos?

Tal como acontece com os trabalhadores regulares, muitos documentos são necessários ao negociar o financiamento. Existem várias etapas que um autônomo deve seguir ao solicitar um financiamento imobiliário. Entre eles, além do fundo de previdência, o mais importante é avaliar a capacidade dos trabalhadores de pagar suas dívidas. Essa é a hora de pedir o comprovante de renda mensal.


Essa etapa avalia a capacidade de pagamento do solicitante e é fundamental para a concessão do crédito. Existem vários documentos que podem comprovar a renda dos trabalhadores informais. No caso de autônomo, consulte!


Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos

Trata-se de um documento que comprova os rendimentos de profissionais liberais, autônomos e microempresários. O Decore foi criado, justamente, para atestar os rendimentos desses profissionais. O Decore deve ser providenciado por um contador, devendo ser autenticado com um selo do Conselho Regional de Contabilidade. Ele comprova e valida o rendimento mensal desses profissionais.

Extrato Bancário

Uma das provas de renda mais utilizadas por quem busca financiamento é o extrato bancário. Com este documento, é possível avaliar o saldo médio da sua conta bancária. Esta declaração é aceita pela maioria das instituições financeiras.


No entanto, para comprovar a renda do requerente, a declaração deve ser de, no mínimo, os últimos seis meses de movimentação. Isso provará certa estabilidade financeira, pois os trabalhadores informais podem ganhar muito dinheiro em um mês e muito menos no mês seguinte. Também é bom que o banco tenha acesso às transações de poupança e conta corrente do solicitante.

Declaração de Impostos de Renda (IR)

A declaração de Imposto de Renda à Receita Federal é outra forma de comprovar os rendimentos no financiamento imobiliário para autônomos. Esse documento deve seguir com o recibo — atestando a entrega da declaração anual ao Fisco.

Recibo de Pagamento Autônomo

O Recibo de Pagamento Autônomo (RPA) serve, também, como comprovante de rendimentos oriundos do trabalho informal. Por meio desse documento, geralmente emitido por pessoa física, fica comprovada a prestação de alguma atividade remuneratória, que pode ser tanto para pessoa física quanto para empresas.


Formalização de Empresas para Empreendedores

Para os empreendedores, a renda mensal já tem certa estabilidade, formalizar o negócio por meio do cadastro de Microempreendedor Individual (MEI) e obter a renda registrada por Nota Fiscal facilitará muito o processo. Vale lembrar que existem benefícios em formalizar seu negócio por meio do MEI, como o INSS. Tudo que você precisa fazer é pagar uma taxa mensal muito acessível.


Como você conferiu neste conteúdo, é possível, sim, o financiamento imobiliário para autônomos. Para isso, basta ter os documentos citados que comprovem uma renda viável para a aprovação do crédito.

0 visualização0 comentário